W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : São Paulo

5.8 km (3.6 miles) NNE of Jacuba, São Paulo, Brazil
Approx. altitude: 514 m (1686 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 22°N 131°E

Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: South View #3: East View #4: North View #5: 22°S 49°W #6: Team Radicais Livres in Jacuba1 #7: Team Radicais Livres in Jacuba2

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  22°S 49°W (visit #2)  

#1: West View

(visited by Marcio Rodrigues da Silva, Cirineu Barreiros Junior, Raphael Baruki Ferreira and Alberto Shibayama)

English

08-Feb-2004 -- Depois de conquistar nosso primeiro objetivo do dia, que era o ponto 23ºS;49ºW em Avaré, nós seguimos na direção do que seria nossa próxima tentativa de conquista de confluência que era a de Jacuba, que fica à uns 30Kms ao Norte de Bauru.

Seguimos inicialmente por uma estrada de terra em direção ao Norte, afim de encontrar a Rodovia Castello Branco (SP-280), desta forma enconomizando tempo e alguns kilometros preciosos e além disso de quebra também um pedágio, nós fizemos algumas tentativas de encontrar o caminho correto, mas todas erradas, chegando ao ponto de entrar numa Fazenda de carro e tudo, quando já estavamos desistindo e seguindo devolta pelo caminho que nós viémos, encontramos moradores locais num belo Fusca Branco e perguntamos para eles se era possível fazer o tal caminho que nós queriamos, e para nossa sorte ele disse que sim, seguimos ele durante alguns minutos até um ponto e depois por conta própria, seguindo as indicações passadas por ele, passando pela Usina Hidroelétrica do Rio Novo, e finalmente chegando no asfalto da Castello, a partir daí seguimos devolta até chegar na SP-255 só que desta vez para seguir na direção das cidades de Pratânia e São Manuel, onde encontráriamos a Rodovia Marechal Rondon (SP-300) e que nos levaria até a cidade de Bauru, lá teríamos seguir na direção de Jacuba só que desta vez pela Rodovia SP-321.

Como a decisão de conquistar está confluência foi de última hora, não tivémos tempo de tirar cópias dos mapas da região, fazendo com que nós seguissemos apenas pela referência do GPS e torcendo para que existisse estradas, que possibilitasse chegar o mais próximo do Ponto, quando estávamos à 02 Kms do local, tentamos entrar em uma Fazenda para pedir autorização, mas estava com cadeado na porteira, então o jeito foi encontrar um outro acesso, e encontramos, era uma estrada de terra que contornava a tal fazenda e pelo que reparamos o Ponto estava em algum lugar lá dentro, fomos com o carro até onde o GPS indicou que estávamos à 1Km e 600mtros da confluência, a partir daí tivemos que seguir à pé, mais uma vez (por motivos de força maior) tendo que invadir a propriedade, já lá dentro enquanto caminhavamos em direção ao ponto, reparamos rastros na areia de cavalo e de cachorro (pela pegada o cachorro era grande), provávelmente algum caseiro que teria cavalgado por alí com seu cão de guarda, nesta hora procuramos fazer mais silêncio e continuamos à caminhar, até no local onde o GPS zerou e indicou a referência 22ºS; 49ºW.

English

After visiting 23ºS;49ºW the day before we went towards Jacube, 20km north of Bauru.

We started through a dirt road that put us on highway Castello Branco (SP 280) wich saved us kilometers and time … and a toll!
We tried several options trying to find the right way with no success, we even entered a ranch with car and all, we were about to leave when we found some local people and asked if it was OK for us to use the trail we needed and to our surprise they said “yes”. We followed them initially and then, following their directions, we passed by the Rio Novo hydroelectric dam to finally get to the asphalt of Castello Branco. We took route SP 255, direction to the cities of Prataña and São Manuel, where we found highway Marechal Rondon (SP 300) which would take us to Barau and from there to Jacuba, this time on route SP 321.

Since the decision to see this confluence was a last minute thing we had no time to bring regional maps and had to rely on the GPS and guessing which road would take us closer to the point. When we where at 2km we tried to enter a ranch to ask for permission but the gate had a lock. We found a dirt road that circumvented the ranch, we used the car until the GPS indicated 1,600 meters, and at that point we proceeded by foot, in another private property.
As we where walking we noticed horse track on the sand, probably someone from the ranch making a surveillance round. We proceeded in silence until the GPS zeroed at 22ºS 49ºW.


 All pictures
#1: West View
#2: South View
#3: East View
#4: North View
#5: 22°S 49°W
#6: Team Radicais Livres in Jacuba1
#7: Team Radicais Livres in Jacuba2
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)