W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Goiás

6.5 km (4.0 miles) SW of Bela Vista de Goiás, Goiás, Brazil
Approx. altitude: 747 m (2450 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 17°N 131°E

Accuracy: 5 m (16 ft)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: Visão sul - south view #3: Visão oeste - west view #4: Visão norte - north view #5: Visão leste - east view #6: GPS #7: Confluência 700 metros adiante - confluence 700 meters ahead #8: Início da estrada de terra - beginning of dirt road

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  17°S 49°W (visit #3)  

#1: Visão geral - general view

(visited by José Eduardo Guimarães Medeiros)

English

19-dez-2013 -- Esta narrativa é uma continuação da visita 11S 49W.

Às 20 horas de terça-feira, 17 de dezembro, pegamos um ônibus em Palmas com destino a Goiânia. Este segundo trecho da viagem, bem menor do que o primeiro, seria de 850 quilômetros, e a previsão era que a viagem duraria 14 horas. No entanto, o ônibus quebrou e tivemos que ficar 2 horas parados na cidade de Rialma, já no estado de Goiás. Portanto, ao chegarmos a Goiânia, meu relógio já marcava meio-dia. Tive ainda de adiantar o relógio em uma hora, em virtude de ter entrado na região brasileira que utiliza o horário de verão, e ele passou a marcar 1 hora da tarde.

Ao chegar à cidade, tive a grata surpresa de descobrir que a rodoviária da capital dos goianos fica dentro de um shopping, e ainda havia uma grande quantidade de hotéis em volta. Tal fato faria com que eu economizasse bastante dinheiro, uma vez que um dos maiores gastos que tive na cidade de Palmas foi com corridas de táxi. Hospedei-me em um hotel próximo, tomei banho e voltei ao shopping para almoçar.

Após o almoço, procurei me informar a respeito de uma maneira de fazer o terceiro trecho da viagem, uma vez que, provavelmente, eu não encontraria um ônibus que fosse de Goiânia para a cidade de Lavras, uma cidade pequena demais para ter linhas de ônibus para todas as capitais brasileiras. A melhor opção que eu encontrei foi pegar uma linha de Goiânia para Uberlândia e outra linha de Uberlândia para Lavras.

Passei o restante do dia descansando no hotel, uma vez que estava caindo uma chuva muito forte, o que me impossibilitou de sair e conhecer a cidade. Por volta das 11 horas da noite, fui até a agência de aluguel de carros e peguei o carro que seria usado para realizar as visitas a confluências, no dia seguinte.

Meus planos, como sempre nestas circunstâncias, seria tentar visitar três novas confluências. No entanto, eu não estava nem um pouco otimista a ponto de esperar alcançar esse objetivo. No dia anterior dedicado a visitas a confluências, conforme descrito na narrativa anterior, eu tive por um momento grandes chances de conseguir as três confluências previstas e acabei conseguindo apenas uma. E, para piorar, havia caído uma chuva forte ao longo de toda esta tarde em Goiânia e a previsão do tempo dizia que, no dia seguinte, iria chover o dia todo. Comecei a acreditar que se eu conseguisse visitar duas novas confluências já seria muito.

No dia seguinte, quinta-feira, 19 de dezembro, acordei às 6 horas, tomei café, encerrei minha conta no hotel e saí por volta de 7h30min, com destino à primeira confluência do dia, a 17S 49W, localizada nas proximidades da cidade de Bela Vista de Goiás, distante cerca de 50 quilômetros de Goiânia.

Peguei a BR-352, passei próximo à cidade e, pouco depois, iniciei o trecho de 3.600 metros em estrada de terra. Contrariando as previsões meteorológicas divulgadas no dia anterior, o dia estava nublado, mas sem chuva. Embora a estrada de terra tivesse muitas poças de água, não tive dificuldades para chegar a 700 metros do ponto exato.

Desci do carro, atravessei uma cerca, caminhei por um trecho de pasto e zerei o GPS. Após a visita, fiz o caminho de volta até Goiânia, uma vez que a próxima confluência estava localizada exatamente no lado oposto da cidade.

Esta narrativa continua na visita à confluência 16S 50W.

English

19-Dec-2013 -- This narrative continues from 11S 49W.

At 20:00 of Tuesday, 17 December, we caught the bus at Palmas city to Goiânia city. This second leg of the trip, much shorter than the first one, would be 850 kilometers long, and, according to the prevision, it would last 14 hours. However, the bus broke and we needed to stay 2 hours at Rialma city, yet in Goiás state. Then, when we arrived at Goiânia, my watch was showing 12:00. I must yet to adjust it, because I had just entered in the Brazilian region that uses saving time, and it turned to show 13:00.

After arriving at the city, I had the good surprise to discover that the bus station lies inside a mall, and there were a lot of hotels around it. This fact allowed me to save a lot of money, due to one of the largest amounts of money spent in Palmas city was with cabs. I checked in a hotel nearby, took a shower and came back to the mall in order to have lunch.

After the lunch, I informed myself about a manner to make the third leg of the trip, because probably, I wouldn’t find a bus from Goiânia to Lavras, a city too small to have bus lines to all Brazilian capitals. The best option I found was to catch a bus from Goiânia to Uberlândia and another from Uberlândia to Lavras.

I spent the remaining day resting in the hotel, because it was raining a lot and it denied me to leave the hotel in order to know the city. About 23:00, I went to the rental car agency and caught the car that I would use to visit Confluences, in the following day.

My plan, as always in these circumstances, would be to attempt three new Confluences. However, I wasn’t optimistic about getting it. In the previous day dedicated to confluence visits, like described in the previous narrative, I had been for a moment with great chances of getting three previewed Confluences, but only got one. And, to make things worse, a thunderstorm fell this whole afternoon and the meteorology said that, on the following day, it would rain the whole day.

On the following day, Thursday, 19 December, I woke up at 6:00, had breakfast, checked out of the hotel and left it at about 7:30, to the first Confluence of the day, 17S 49W, located near Bela Vista de Goiás city, distant about 50 kilometers from Goiânia.

I caught the BR-352 highway, passed near the city and, some kilometers after, I started the leg on dirt road, 3,600 meters long. Against the meteorology prevision published in the previous day, the sky was cloudy, but without rain. Although the dirt road had a lot of puddles, I arrived at 700 meters close to the exact point easily.

I left the car, crossed a fence, hiked by a pasture area and got all GPS zeroes. After the visit, I came back to Goiânia, because the next Confluence lies exactly at the opposite side of the city.

This narrative continues on 16S 50W.


 All pictures
#1: Visão geral - general view
#2: Visão sul - south view
#3: Visão oeste - west view
#4: Visão norte - north view
#5: Visão leste - east view
#6: GPS
#7: Confluência 700 metros adiante - confluence 700 meters ahead
#8: Início da estrada de terra - beginning of dirt road
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)