W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Tocantins

5.2 km (3.2 miles) SE of Vitória, Tocantins, Brazil
Approx. altitude: 223 m (731 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 6°N 132°E

Accuracy: 7.8 km (4.8 mi)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: Estrada que dá acesso à fazenda - road that goes to the farm #3: São Bento do Tocantins #4: Rio Araguaia, divisa entre os estados do Pará e Tocantins - Araguaia River, border between Pará and Tocantins states

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  6°S 48°W (incomplete) 

#1: Entrada da Fazenda Santa Lúcia, propriedade da empresa Sinobras - confluência 7.757 metros adiante - Santa Lúcia Farm entrance, owned by Sinobras enterprise - confluence 7,757 meters ahead

(visited by José Eduardo Guimarães Medeiros, Simone Rodrigues Alves Medeiros and João Vítor Rodrigues Alves Medeiros)

English

21-dez-2014 -- No domingo, 21 de dezembro, iniciei a lista de visitas às confluências próximas de minha nova casa, em Marabá, no estado do Pará. Conforme eu citei na narrativa da confluência 2S 49W, que visitei no mês passado, a mudança para uma nova cidade descortina um novo universo de confluências próximas. No caso de Marabá, ainda há uma importante particularidade, que é o fato de todas as confluências nos arredores da cidade serem totalmente inéditas, nunca visitadas por ninguém.

A primeira confluência que escolhi foi a 6S 48W, localizada no extremo norte do estado do Tocantins, na região conhecida como Bico do Papagaio, nome inspirado pelo desenho produzido no mapa pelos rios Tocantins e Araguaia, na região em que eles se encontram.

Saímos de casa às 8 horas da manhã e chegamos à pequena cidade de São Bento do Tocantins por volta das 10 horas, após percorrermos cerca de 200 quilômetros, a maior parte em uma estrada asfaltada em ótimas condições, além de um trecho de 12 quilômetros em estrada de terra e uma ponte sobre o belo rio Araguaia, com 900 metros de comprimento, na divisa dos estados do Pará e do Tocantins.

Atravessamos a cidade e iniciamos o trecho de 25 quilômetros em estrada de terra. Percorremos os primeiros 13 quilômetros em uma estrada em boas condições e nos deparamos com a entrada de uma propriedade privada controlada por guarita. Era a entrada da Fazenda Santa Lúcia, de propriedade da empresa Sinobras.

A Sinobras – Siderúrgica Norte Brasil S.A. é uma empresa sediada em Marabá que produz aço para a construção civil. A Fazenda Santa Lúcia é uma de suas fazendas de reflorestamento de eucalipto, cuja madeira é utilizada como fonte de energia para os fornos da siderúrgica.

Ao chegar à entrada da fazenda, pedi permissão para o porteiro para entrar na propriedade, mas não a obtive, mesmo após alguma insistência. A única maneira de entrar seria obter uma permissão do funcionário da empresa responsável pela fazenda.

Como eu estava ainda a 7.757 metros em linha reta do ponto exato, achei que não valeria a pena tentar prosseguir a pé. Como eu terei outras oportunidades no futuro para fazer uma nova tentativa, pretendo entrar em contato com a empresa e obter uma permissão.

Após a tentativa frustrada, fizemos o caminho de volta, paramos na cidade de São Bento do Tocantins para tomar um lanche e chegamos em casa por volta das 14 horas.

English

21-Dec-2014 -- Sunday, 21 December, I started the list of confluence visits nearest to my new home, in Marabá city, Pará state. As cited in 2S 49W narrative, visited in the previous month, the change to a new city opens a new universe of nearest confluences. In the case of Marabá, there is an important particularity, which is all confluences in city neighborhoods are totally new, never visited by anyone.

The first chosen confluence was 6S 48W one, located in far north of Tocantins state, in the region known as Bico do Papagaio (Parrot Beak), name inspired by the shape produced in the map by Tocantins and Araguaia rivers, in the region where they find each other.

We left home at 8:00 in the morning and arrived at São Bento do Tocantins small city about 10:00, after traveled about 200 kilometers, the majority in an excellent condition paved road, a leg 12 kilometers long in dirt road and a bridge over Araguaia beautiful river, 900 meters long, in the border between Pará and Tocantins states.

We crossed the city and started the leg in dirt road, 25 kilometers long. We managed the first 13 kilometers in a road in good conditions and faced a private property entrance, controlled by a cabin. It was the entrance of Santa Lúcia Farm, owned by Sinobras enterprise.

Sinobras – Siderúrgica Norte Brasil S.A. (North of Brazil Steel Plant) is an enterprise hosted in Marabá that produces steel for construction. The Santa Lúcia Farm is one of its farms of eucalyptus reforestation, which wood is used as energy source to the steel furnaces.

When arriving at farm entrance, I asked permission to the gatekeeper to enter in the property, but I didn’t get it, even though with some insistence. The only manner to get in is to obtain a permission of employee responsible by the farm.

As I was 7,757 meters beeline to the exact point, I thought it didn’t worth try to go ahead on foot. As I will have other opportunities in the future to make a new attempt, I intend to contact the enterprise and ask permission.

After the unsuccessful attempt, we made all the way back, stopped at São Bento do Tocantins city to take a snack and arrived home about 14:00.


 All pictures
#1: Entrada da Fazenda Santa Lúcia, propriedade da empresa Sinobras - confluência 7.757 metros adiante - Santa Lúcia Farm entrance, owned by Sinobras enterprise - confluence 7,757 meters ahead
#2: Estrada que dá acesso à fazenda - road that goes to the farm
#3: São Bento do Tocantins
#4: Rio Araguaia, divisa entre os estados do Pará e Tocantins - Araguaia River, border between Pará and Tocantins states
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)