W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Mato Grosso do Sul

3.9 km (2.4 miles) ENE of Caracol, Mato Grosso do Sul, Brazil
Approx. altitude: 236 m (774 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 22°N 123°E

Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: East #3: South #4: West #5: General view - 400 m to CP #6: GPS #7: Mr Hitoshi, owner of ranch and Setsuko #8: walking to CP in the tall grass #9: Traversing the erosion to approach the cp

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  22°S 57°W  

#1: North view

(visited by Eduardo Hanazaki, Setsuko Hanazaki and Reinaldo Francisco)

English

21-Jun-2007 -- Neste dia de início de inverno, com sol, céu azul e calor, saímos às 9h15, de Bonito, estado do Mato Grosso do Sul, rumo à confluência situada bem próxima à cidade de Caracol.
Durante todo o trajeto, pudemos observar imensas fazendas, a maioria dedicada somente à pecuária e algumas com lavouras. Nas regiões mais planas, os capins dos pastos estão amarelados devido ao período da seca e o gado está sentido. Nas partes montanhosas como, por exemplo, entre o povoado de Alto Caracol e a cidade de Caracol, o capim ainda está verde e o gado mais bonito.
As rodovias nessa região são margeadas por milhares de palmeiras. As estradas de terra estão bem conservadas e com pouco movimento de veículos. Encontramos uma boiada de aproximadamente 500 reses sendo conduzida pelo asfalto. Há mais tucanos voando do que pessoas pelo caminho.
Quase na entrada da cidade de Caracol, o GPS apontava para um pasto da Fazenda Leiliane, a 1,3 km da rodovia. Fomos falar com o responsável Reinaldo Francisco que, ao saber do nosso objetivo, prontificou-se em nos guiar até o CP que parecia estar atrás de uma reserva de mata bastante densa.
Deixamos o jipe na beira da mata e caminhamos aproximadamente 400 m beirando uma cerca ao lado da mata, passamos por moitas de capim nativo com quase um metro de altura. Para atravessar uma grota formada pela erosão e com nascente de água, tivemos que descer e escalar um barranco de 4 m, segurando nas plantas. Do outro lado da grota, atravessamos um sapezal que chegava a nos cobrir. Finalmente, o GPS zerou na confluência 22 S – 57 W. Após o registro fotográfico, retomamos a caminhada até o jipe e levamos o Reinaldo de volta. Era hora do almoço, e sua esposa nos convidou a almoçar. Logo depois, chegou o simpático proprietário da fazenda, o senhor Osório Hitoshi Nishimura a quem explicamos a nossa presença e pudemos conversar agradavelmente. Após o almoço, fomos visitar a pequena cidade de Caracol e depois seguimos para leste rumo a cidade de Antonio João, pois pretendíamos visitar a confluência 22S-56W, ainda neste dia.

English

21-Jun-2007 -- On this day when winter starts Ander sunny, warm and blue skies we left Bonito towards this confluence near the city of Caracol; it was 9h15.
Throughout our journey we saw large farms. The flatter regions the grass was yellowing due to the lack of rain. On the hilly parts everything is greener and prettier.
Roads in the region are flanked by palms and are in good condition and little traffic. We found a herd of about 500 heads, on the asphalts. There are more birds on the air than people on the roads.
Just before Caracol the GPS pointed to the fields of the Leiliane farm, at 1.3 km from the road. We spoke to the person in charge, Reinaldo Francisco, who after learning about or goal offered to guide us to the confluence which seemed to be in a heavy foliage area.
We left our vehicle and walked for 400 m along a fence with grass up to 1 m high. At one point we had to go down a creek of 4 m. Finally the GPS marked zeros.
After taking the photos we went back to our vehicle and took Reinaldo back. It was lunch time and his wife invited us. Then the owner of the property arrived, Osorio Hitoshi Nisshimura with whom we had a pleasent conversation. After lunc we visited Caracol before continuig to another visit we planed on this day.


 All pictures
#1: North view
#2: East
#3: South
#4: West
#5: General view - 400 m to CP
#6: GPS
#7: Mr Hitoshi, owner of ranch and Setsuko
#8: walking to CP in the tall grass
#9: Traversing the erosion to approach the cp
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)