W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Goiás

16.7 km (10.4 miles) NE of Jandaia, Goiás, Brazil
Approx. altitude: 558 m (1830 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 17°N 130°E

Accuracy: 6 m (19 ft)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: Vista para o Sul #3: Vista para o Leste #4: Vista para o Oeste #5: Vista Geral #6: GPS zerado #7: André #8: Candido

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  17°S 50°W (visit #1)  

#1: Vista para o Norte

(visited by Andre Monteiro and candido borges)

English

28-Jan-2004 -- O planejamento para a visita à confluência foi feito com alguma antecedência, dentro de um projeto maior que é o de visitar outras confluências dentro do Estado de Goiás.

Optamos por iniciar por esta uma vez que se encontra próxima de Goiânia, capital do Estado, onde residimos (cerca de 100 km) e por termos visto, em imagem do satélite Landsat de agosto de 2003, que o ponto se encontrava dentro de um pasto, em um lugar plano, próximo a uma nascente. Conseguimos também uma carta topográfica de 1:100.000 da região, onde visualizamos os melhores acessos ao local e a melhor maneira de chegarmos até lá.

Feito isso, partimos de Goiânia às 07:00 da manhã do dia 28, uma quarta-feira em que o sol deu o sinal de sua graça, após dias e dias de chuvas contínuas. A viagem foi pela BR-060, que leva ao sudoeste do Estado, e logo localizamos, uns 80 km depois de Goiânia, o acesso para a estrada de terra que nos levaria à confluência.

Rodamos cerca de 25 km por uma estradinha ruim, meio alagada por causa das últimas chuvas, com direito a algumas paradas para observação da paisagem, fotografias e por pura curtição. Finalmente chegamos a uma sede de fazenda, onde o GPS acusava faltar cerca de 1,3 km para o ponto.

Pedimos autorização aos proprietários, um casal jovem muito simpático, no que fomos prontamente atendidos. Rumamos para onde o GPS apontava, por um acesso secundário e, logo após uma porteira, paramos à beira do tal pasto, com o GPS apontando faltarem 260 m para a confluência. Deixamos a camionete e atravessamos o capim alto até alcançarmos o local. Eram 10:30 da manhã.

A confluência está dentro de um pasto formado com Brachiaria Brizantha, o pasto mais usado para o gado em Goiás. Ao norte está a nascente de um córrego e para o oeste dá para se ver uma floresta nativa. Para todos os outros lados, o visual é de um pasto em terra de topografia plana, com o verde da grama e o céu azul do planalto em forte contraste.

Registramos tudo com as fotos e com direito à satisfação de termos alcançado o objetivo. Retornamos à sede da fazenda, onde demos de presente para o casal a cópia da imagem de satélite do local, que certamente vai ocupar um lugar de honra na sede da propriedade. Fomos brindados com um lanche bem goiano – cafezinho, leite e pão de queijo e, depois das despedidas, tomamos o caminho de casa.

Foi uma confluência bem fácil. Esperamos que as próximas também nos reservem momentos tão agradáveis.

Texto: André Monteiro
Fotos: André Monteiro e Candido Borges

English

The planning for the visit to the confluence was made with some antecedence, inside of a larger project than it is inside it of visiting other confluences of the State of Goiás.

We opted to begin for this because is close of Goiânia, capital of the State, where we lived (about 100 km) and for terms seen, in image of the satellite Landsat of August of 2003, that the point was inside of a pasture, in a plane place, close to a river. We also got a topographical map of 1:100.000 of the place, where we visualized the best accesses and the best way of we arrive there.

So, we left from Goiânia at 07:00 am of the 28, one Wednesday in that the sun gave the sign of its grace, after days and days of continuous rains. The trip was for BR-060, that takes to the Southwest of the State, and soon we located, about 80 km after Goiânia, the access for the dirt road that would take us to the confluence.

We turned about 25 km for a bad highway, half flooded because of the last rains, with right the some stopped for observation of the landscape, pictures and spending time. Finally we arrived on a farm headquarters, where GPS accused to lack about 1,3 km for the point.

We asked the proprietors for authorization, a very nice young couple, in what was assisted quickly. We steered GPS where appeared, for a secondary access and, soon after a gate, we stopped to the edge of the such pasture, with GPS appearing lack 260 m for the confluence. We left the pick-up and we crossed the high grass until we reach the place. They were 10:30 am.

The confluence is inside of a pasture formed with Brachiaria Brizantha, the more used pasture for the cattle in Goiás. To north it is a stream and to west is possible to see a native forest. For all the other sides, the look is of a pasture in topography land glides, with the green of the grass and the blue sky of the plateau. Everything registered with the pictures and the right to the satisfaction of terms reached the objective.

We returned to the farm, where we gave for the couple, like a gift, the copy of the image of satellite of the place, that certainly will occupy a honor place in the house of farm.

It was a very easy confluence. We hoped the close ones also reserve us such pleasant moments.


 All pictures
#1: Vista para o Norte
#2: Vista para o Sul
#3: Vista para o Leste
#4: Vista para o Oeste
#5: Vista Geral
#6: GPS zerado
#7: André
#8: Candido
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)