W
NW
N
N
NE
W
the Degree Confluence Project
E
SW
S
S
SE
E

Brazil : Bahia

4.1 km (2.5 miles) ENE of Poço de Pedra, Bahia, Brazil
Approx. altitude: 431 m (1414 ft)
([?] maps: Google MapQuest Multimap world confnav)
Antipode: 9°N 139°E

Accuracy: 5 m (16 ft)
Click on any of the images for the full-sized picture.

#2: Visada Norte: North view #3: VIsada Panorâmica Sul. Panoramic view to south #4: Visada Oeste. View to west #5: GPS #6: Conquistadores. Conquers #7: Motos encobertas pela escuridão. Motorcycle shrouded by darkness #8: Represa de Sobradinho. Sobradinho dam #9: Conquistadores jantando com Paraguaio - Piloto de Motocross. Conquers dining with a motocross racer

  { Main | Search | Countries | Information | Member Page | Random }

  9°S 41°W  

#1: Visada Panorâmica Norte. Panoramic view to nerth

(visited by Jair Sampaio Soares Jr and Cláudio Lima)

English

10-Jan-2014 --

Confluência foi conquistada na primeira investida em 10 de Janeiro de 2014.

Este relato é o primeiro de três que elaboramos para descrever nossa aventura para conquista de três confluências nunca antes visitadas.

Com a aproximação do fim de semana, convenci alguns amigos a fazer uma expedição de moto para conquistar mais algumas confluências nos estados da Bahia e Piauí.

Após uma rápida consulta ao site confluence.org, selecionamos as confluências 9ºS41ºW, 9ºS42ºW e 10ºS43ºW, todas situadas em região rural, com baixa densidade demográfica e sem acesso por estradas pavimentadas. Como só tínhamos três dias para cumprir nosso objetivo, traçamos a rota mais curta, procurando privilegiar os principais pontos turísticos existentes no percurso.

Roteiro traçado, motos e pilotos prontos, partimos de Salvador em direção ao município de Sobradinho-BA, onde fica o maior lago artificial do mundo, com cerca de 320 km de extensão, uma superfície de espelho d'água de 4.214 km2 e uma capacidade de armazenamento de 34,1 bilhões de metros cúbicos. Ao cruzar o lago é possível observar a eclusa, de propriedade da Companhia Docas do Estado da Bahia, cuja câmara tem 120 m de comprimento por 17 de largura permitindo às embarcações vencerem o desnível de 32,5 metros criados pela barragem, garantido assim a continuidade da tradicional navegação entre o trecho do Rio São Francisco compreendido entre as cidades de Pirapora/MG e Juazeiro/BA.

Após algumas fotos da Barragem e seu entorno, seguimos em direção ao entroncamento da BR235 e logo em seguida saímos da estrada pavimentada para uma estrada de terra que leva aos povoados baianos de Barra e Poço de Pedra.

Após percorrer pouco mais de 30 km por estradas de terra, o pôr do sol já se aproximava e ainda não tínhamos localizado a confluência 9ºS41ºW. Chegamos a sede da fazenda Barreiro, de propriedade do Sr. Adão Alves da Silva, que nos recebeu e nos orientou sobre os caminhos que poderiam nos levar ao nosso primeiro objetivo da expedição.

Deixando a sede da fazenda pra trás, seguimos em frente, percorrendo por picadas em meio a vegetação arbustiva da Caatinga, cruzando por algumas cancelas até chegar uma cerca de 1,8 m de altura e com arames muito próximos uns dos outros, que nos separava da tão almejada confluência. Tão perto e tão longe da conquista, como já estava escurecendo e não havia mais tempo de procurar outro caminho, decidimos saltar a cerca, tarefa nada fácil para quem estava vestindo roupas de cordura e botas rígidas de motociclista. Mas a vontade de conquistar era mais forte que as adversidades.

Saltamos a famigerada cerca e caminhamos em direção à Confluência usando dois aparelhos de GPS. Nesse momento, o sol se despedia no horizonte e a escuridão começava a tomar conta do ambiente. Apressamos o passo e, enquanto havia luz, tiramos rapidamente as fotos de acordo com o checklist do Degree Confluence Project.

A Confluência 9ºS41ºW fica localizada na Fazenda Barreiro. O terreno do entorno é plano, com vegetação predominante de gramíneas provavelmente utilizadas para criação de bovinos ou caprinos. A oeste da Confluência e muito próximo à cerca, existe uma pequeno bebedouro para animais. Para futuras visitas, recomendamos cruzar a barragem e seguir em direção ao povoado de Poço de Pedra que fica a oeste da confluência para depois retornar. Ao invés de tentar acessar a confluência pelo caminho mais difícil que fizemos, à sudeste da confluência, por dentro da caatinga e tendo que saltar a cerca.

Missão cumprida e com lanternas em punho, iniciamos a busca por nossas motocicletas que havíamos deixado embrenhada na mata, do outro lado da cerca. O detalhe é que cometemos um erro grave, pois não havíamos marcado no GPS o local onde deixamos as motos e o tracklog do GPS estava desabilitado. Que sufoco pra encontrar as motos!

Mas, graças aos adesivos reflexivos das motos, com a ajuda das lanternas, conseguimos localizá-las. Seguimos em direção ao ponto onde havíamos saltado a cerca, fizemos mais um malabarismo para transpor a cerca de quase 2m de altura, bebemos um bom gole de água, subimos nas motos e, em meio a escuridão da noite, potencializada pela mata que encobria o céu, seguimos para a sede da fazenda do Sr Adão, que nos aguardava aflito por causa da grande incidência de cobras na região.

Chegando à sede da fazenda, nos despedimos e seguimos sem parar para o município de Casa Nova já pensando na iguaria que iríamos degustar no jantar: bode na telha.

Que dia maravilhoso, ficarão em nossas boas lembranças as adversidades que passamos para conquistar essa confluência.

Amanhã tem mais...

English

10-Jan-2014 --

This Confluence was conquered in the first onslaught in January 10, 2014.

This report is the first of three that we put together to describe our adventure to conquer three confluences never before visited.

With the approaching weekend, convinced a few friends to make a motorcycle expedition to conquer a few more confluences in the States of Bahia and Piauí.

After a quick consultation of the site confluence.org, we select the confluences 9ºS 41ºW, 9ºS 42ºW e 10ºS 43ºW, all located in rural region with low population density and no access by paved roads. As we only had three days to accomplish our goal, we drew the shortest route, seeking to focus on the main points of interest on the route.

Script outline, bikes and riders ready, took off from Salvador towards the town of Sobradinho, Bahia, where it is the largest artificial lake in the world, with about 320 km long, a water mirror surface of 4,214 km2 and a storage capacity of 34.1 billion cubic meters. While cruising the Lake it is possible to observe the sluice, owned by Companhia Docas do Estado da Bahia, whose Chamber has 120 m long by 17 wide allowing boats to overcome the gap of 32.5 meters created by the dam, thus guaranteed the continuity of traditional navigation between the excerpt of the São Francisco River between the cities of Pirapora, Minas Gerais and Juazeiro/BA.

After some photos of the dam and its surroundings, we follow towards the junction of BR235 and shortly thereafter left the paved road onto a dirt road leading to villages in Bahia Barra e Poço de Pedra.

After covering just over 30 km by dirt roads, the sunset has approached and we haven't located the confluence 9°S 41°W. We arrived at farm Barreiro headquarters, owned by Mr. Adão Alves da Silva, who received us and guided us on the paths that could lead us to our first goal of the expedition.

Leaving the farm headquarters behind, move on, traveling by stinging amid Caatinga shrub, crossing through some Gates until a about 1.8 m tall and with wires too close to each other, which separated us from so longed for Confluence. So close and yet so far from the conquest, as it was already getting dark and there was no more time to seek another path, we decided to jump the fence, far from easy task for whoever was wearing jeans and rigid boots biker. But the will to win was stronger than adversity.

Jump the infamous fence and walked toward the Confluence using two GPS devices. At that moment, the Sun was on the horizon and the darkness began to take care of the environment. Hasten the step and, while there was light, quickly took the photos according to the checklist of the Degree Confluence Project.

The Confluence 9°S 41°W is located at farm Barreiro. The surrounding terrain is flat, with predominant vegetation of grasses probably used for cattle or goats. West of the Confluence and very close to the fence, there is a small watering hole for animals. For future visits, we recommend crossing the dam and follow toward the village of Poço de Pedra that lies West of the confluence and then return. Instead of trying to access the confluence the hard way we did, to the southeast of the confluence, inside of the caatinga and having to jump the fence.

Mission accomplished, and with flashlights in hand, we began the search for our motorcycles that had left deep in the Woods, on the other side of the fence. The detail is that we made a serious mistake, because we hadn't marked in GPS the location where we left the bikes and the GPS tracklog was disabled. Which choke to find the bikes!

But, thanks to the reflective stickers of the bikes, with the aid of flashlights, we were able to locate them. We follow towards the point where we jumped the fence, made one more juggling to transpose within nearly 2 m tall, had a good drink of water, climb on the bikes and, amid the darkness of the night, in the jungle enhanced through the woods that covered the sky, we went to the headquarters of the farm of Mr Adão, who awaited us distressed because of the high incidence of snakes in the region.

Arriving at the farm headquarters, we said our goodbyes and headed straight for the city of Casa Nova already thinking on delicacy that we would enjoy at dinner: goat on the tile.

That wonderful day, will be in our memories the adversity we've been through to achieve this confluence.

Tomorrow has more ...


 All pictures
#1: Visada Panorâmica Norte. Panoramic view to nerth
#2: Visada Norte: North view
#3: VIsada Panorâmica Sul. Panoramic view to south
#4: Visada Oeste. View to west
#5: GPS
#6: Conquistadores. Conquers
#7: Motos encobertas pela escuridão. Motorcycle shrouded by darkness
#8: Represa de Sobradinho. Sobradinho dam
#9: Conquistadores jantando com Paraguaio - Piloto de Motocross. Conquers dining with a motocross racer
ALL: All pictures on one page (broadband access recommended)